quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

"Eu não me esqueceria de ti"


A declaração de amor é uma das mais bonitas feitas em toda a sagrada escritura cristã.
Quem é mãe, sabe o quanto custa esse amor. E entende o quanto é difícil imaginar uma mãe que possa abandonar o seu filho.
E é nessa tônica que Deus, ainda no tempo da antiga aliança, diz essas palavras de consolo ao povo sofrido.

Devemos nos lembrar disso a cada queda, a cada derrota. Porque nada disso é definitivo.
Se parece que estamos sozinhos, essa percepção é apenas uma ilusão. É justamente nessas horas que o Senhor nos pega nos braços. O que precisamos fazer é parar de olhar para os problemas, e olhar para a solução.

Jesus Cristo, filho de Deus, feito homem, é sempre a solução. O Senhor dos impossíveis. Ele faz novas todas as coisas.
Mas não está aí para nos servir, para que corramos como cachorros atrás do rabo. Ele é o caminho, e é caminhando Nele que nos reencontramos, e nossa vida passa a fazer sentido.

A experiência com Jesus é mestra de todas as outras experências.
E ela pode ser vivida plenamente através dos sacramentos, na Santa Igreja Católica.

Nenhum comentário: